Meus pets - Thor Aparecido

Olá Juchetes, tudo bem?
Pra quem perdeu o post anterior, eu estou fazendo uma pequena homenagem aos meus pets lindos e por isso estou contando uma pequena história deles, a primeira foi do Tobby Regino e hoje será a vez do Thorzão!

Thor Aparecido Silveira Lages de Magalhães Júnior

Thor foi adotado pela feirinha de adoção da Fas (uma instituição daqui da minha cidade), minha mãe estava querendo pegar um cachorro para meu irmão mais velho, foi então que ela foi nessa feirinha. O Thor tinha alguns irmãozinhos lá, mas minha mãe o pegou no colo e quando foi devolver a moça disse que ele ia ficar chateado e tal, então ela resolveu ficar com ele.

O Thor no começo tinha mania de comer tudo o que via, ele comeu uma peça do freio do carro do meu pai, o retrovisor do carro de um amigo do meu pai e várias outras coisas. Então por causa disso ele passou um bom tempo acorrentado, até que parou de fazer essas coisas.

Ele foi castrado porque um dia quando meu irmão mais velho estava agachado trocando o jornal das sujeiras dele, o Thor resolveu mijar nas costas do meu irmão. Ele é um cachorro muito assustado e maluco, morre de medo de tomar banho e as vezes ele começava a correr desembestado que nem um louco, pulava o sofá, voltava pra garagem e pulava de novo no sofá, um cachorro bem doido.

Como o Tobby, o Thor também tem vários apelidos, minha pretinha, negrescão, malucão, Thorzão, monstrenguinho e vários outros.

Esse ano de 2018 não começou muito bem pra ele, ano passado ele teve alergia de carrapato e depois do tratamento deu uma melhoradinha, mas no fim do ano apareceu de novo e estava bem feia, então levamos na veterinária. No fim ainda não sabemos o porque da alergia, mas infelizmente descobrimos que o fígado dele está bem comprometido, ele está com cirrose hepática e agora começamos o tratamento para melhorar isso, ele está até de dieta restrita. Sua dieta é um prato feito com carne moída, ovo, arroz, miolo de pão e um remédio que esqueci o nome e ele precisa comer três vezes por dia.

Também esse ano, por causa da sua alergia minha mãe resolveu tosar ele um pouco e ele ficou muito mais fofo e seus pelinhos ficaram tão gostoso de acariciar, parece até o cabelo do meu irmão quando ele passava máquinha 0.

O Thor tem 10 anos, irá completar 11 esse ano em março no dia 25. Ele é um cão antissocial, adora brigar com outros cães ou gatos na rua e também gosta de correr atrás de pombos. Odeia crianças barulhentas, com skates, bicicletas ou correndo. Morro de medo de chuva e não faz coco nem xixi dentro de casa, só se tiver muito apurado. Todo dia tenho que levar ele passear umas duas vezes para desconstipar (fazer coco) e para fazer xixi deixamos ele sair um pouquinho na frente de casa.

Ele é um cachorro carente em algumas partes, mas não gosta que fique mexendo muito nele. Ele é o nosso príncipezinho daqui de casa e é um xodó com a minha mãe. Esperamos que ele melhore logo e que acabe essa alergia feia no pêlo dele. 

O nome dele veio da nossa família e o Júnior é sobrenome do meu irmão mais velho e como inicialmente era dele ficou assim seu nome.





Jucha

Sonhadora, ilustradora e designer, ama miojo com nuggets, adora um bom livro de fantasia, louca pela franquia The Legend of Zelda, "Felícia" para os animalzinhos e super fã do lobo guará.